Floriano,
booked.net
        
Município de Floriano presta contas dos dois primeiros quadrimestres de 2017 ao Legislativo
29/09/2017 - 10:08  
 
Foto: Secom

O Prefeitura de Floriano apresentou, na manhã da última quinta-feira (28), na Câmara dos Vereadores, o quadro de prestação de contas do município, referente ao primeiro e segundo quadrimestres de 2017. Na ocasião estavam presentes o presidente da Câmara dos vereadores, Maurício Bezerra, os vereadores Dessim, Daguia, Fábio Braga, Flávio Henrique, Salomão Holanda, além dos secretários municipais de Governo, James Rodrigues; de finanças, Josélia Rodrigues; o controlador do município, Arnaldo Messias, a consultora de Contabilidade, Conceição Mendes e o diretor de Contabilidade Joziel da Rocha.


A apresentação do balanço de gastos e receitas do governo tem o objetivo de abordar aspectos considerados relevantes da administração orçamentária da Prefeitura de Floriano, bem como apresentar e avaliar o cumprimento das metas definidas para o ano de 2017. Durante a reunião, através de um panorama comparativo a equipe financeira explanou dados como a receita prevista e a arrecadada, que calculam o que o governo espera arrecadar através de tributações, contribuições, serviços, entre outros, e o que de fato arrecada. 


Até o 2º quadrimestre de 2017 a receita prevista foi de R$ 87.537.159,81 em comparação com o que foi arrecadado, R$ 75.579.224,79, ficou compreensível que Floriano teve uma insuficiência de arrecadação, visto que a receita prevista foi menor que a receita arrecadada, totalizando um déficit de R$ 11.957.935,02.


No decorrer da reunião dados como os principais componentes da despesa autorizada e realizada também foram apresentados. Com a despesa autorizada de R$ 84.164.131,10 o governo municipal realizou gastos e investimentos no valor de R$ 67.571,639,06, conferindo uma diferença de superávit de quase R$ 17 mil. As despesas de cada órgão, separadamente, também foram explanadas, além dos valores da dívida pública e gastos com pessoal e encargos sociais, juros, investimentos, amortização da dívida pública e repasse para a Câmara Municipal.


Em relação aos gastos com a Educação, o município mostrou que tem investido 31,51% no período, bem mais que o limite exigido em lei, que é de 25%. De R$ 36.711.202,55 arrecadados, foram investidos com a educação R$ 11.566.152,83.


Na Saúde não foi diferente. Os investimentos foram acima do limite de 15% exigido por lei: 16,02%. De R$ 36.711.202,55 arrecadados, foram investidos com a saúde R$ 5.881.154,24.


A secretária de Finanças, Josélia Rodrigues, pontuou as dificuldades que a gestão atual enfrenta devido a falta de prestação de contas dos meses de novembro e dezembro/2016 por parte da gestão anterior. "A prestação de contas serve, principalmente, para dar noção ao governo municipal de como está a situação financeira da gestão, além, claro, de informar e dar transparência à população e ao Poder Legislativo", explicou a secretária.


Agradecendo a disponibilidade e a disposição da PMF, a vereadora Daguia reconheceu a importância do balanço orçamentário. “Essa apresentação facilita a relação do vereador com a população, porque precisamos dar explicações e mostrar a realidade que o município está enfrentando”, disse a vereadora Daguia.

Prefeitura Municipal de Floriano
Praça Petrônio Portela
Caixa d´Água, Floriano - PI, 64800-000
 (89) 3515-1100
 governo@floriano.pi.gov.br
Redes Sociais
        
Localização
Todos os diretiros reservados. © 2018 - Prefeitura Municipal de Floriano - Piauí - Brasil